Tuesday, November 24, 2009

hardworking

saber nunca foi tão importante pra alguém.
trabalhar triplicado em me safar não faz de mim boa em nada, só uma menina tentando se safar. verdade.
começo rabiscando com minuncia, um medo palpável de errar e ter de fazer novamente o que eu não queria fazer em primeiro lugar. respiro frustração e expiro movimentos bruscos sobre o papel caro, muito mais caro que os 15 reais empregados.

escondo as linhas, apago minha aspereza de idéias, observo as cores ao meu redor na esperança de reproduzir algo "natural".
natural sou eu, deseperada, tentando me safar de mais um periodo cheio de coisas que eu devia só saber.

6 comments:

Tony Tiger said...
This comment has been removed by the author.
Tony Tiger said...

Levantando a plaquinha!

.___________________
.|------------------|
.|I woRk 4A BLow joB|
.|--AnD A BiGMAc!---|
.|------------------|
..........||
..........||
..........||

Anonymous said...

Oi!!! Sou eu de novo, o anonimo do post 'letters to me'...

Eu só tenho a dizer que vc correspondeu exatamente as minha perspectivas com esse novo post...

Eu tenho esse mesmo problema que vc sempre que tento reproduzir algo, eu só tenho um conselho, não busque no exterior o que vc sabe que so vai encontrar no interior, passe seus sentimentos para esse papel caro [tenho certeza que já te falaram isso XP]

O que eu quero dizer exatamente e que vc deve passar sua raiva, seu desespero e sua frustraçao pro papel, mesmo que vc não ache q ficou bom, alguma outra pessoa vai conseguir capturar a perspectiva que vc quer passar...

Enfim, é isso, espero que vc continue assim ^^ e estou a espera de novos posts...

PS:Vc bem que poderia publicar as fotos de suas pinturas aqui no blog ^^
PS²: Desculpa ler e seu blog inteiro e não me identificar, mas eu acho q não faz real diferença, nem no Brasil eu estou no momento...

A.Aurea said...

ai, meu deus!
alguém descobre quem é esse anônimo antes que eu infarte?!!!

não faz isso comigo não, pessoa.
sério, eu sou curiosissima. vou ter um treco em 3, 2, 1...

Érica Bueno said...

não há terreno de realidade conhecida que permita àquele que conheça o absurdo da vida agir naturalmente...

como diz um professor meu:
ahh, aí a gente fica perplexo...

Anonymous said...

Fica tranquila A.Aurea eu já disse, eu nem moro no Brasil, naum é como se um dia pudesso marcar de sair pra beber ou algo parecido....

Não fique se remoendo de curiosidade, em vez disso, continue escrevendo coisas inspiradoras para as pessoas lerem ^^