Wednesday, August 23, 2006

" The Passenger"

Ouvindo "Lunachicks" como me é devido, tava divagando sobre como as pessoas no Centro da cidade são engraçadas.
Meu horário de almoço e eu fui comer alguma coisa na rua. Passseava numa feira de livros quando um homem gordo de voz rouca que anunciava"bola treze, bola treze. hoje vai dar treze.bola treze,bola treze..." agarrou meu braço e começou a dizer que eu ia ganhar, eu merecia ganhar. Só pelo meu sorriso (de desepero). Segundo ele tinha algo a ver com hoje ser dia 23 e eu ter passado embaixo de uma placa...Aí eu murmurei que "Não acredito nessas coi..." E ele sumiu!

Continuava meu caminho na busca do livro encantado, com meu copinho de 700 calorias pra comer de colherzinha e um colombiano queria que assistisse uma palestra de cinco minutos com o tema "O que você faria se não houvesse mais porque?". Não, eu não entendi.
Também não fui ver palestra nenhuma. Eu meio que sei o que eu faria se não houvesse porque.
Ia achar um nome foda e virar filósofa, que nem Sócrates.

Aliás, hoje tem palestra com o Dahmer, o cara que escreve os "Malvados" na "Da Vinci", do lado meu trabalho. Eu não vou também porque tenho que estar na faculdade na hora.

E levei empurrão de uma muher gorda com as sobrancelhas desenhada. Ganhei uma flor de um cara que tava coçando o nariz com o dedo médio (que era seu único dedo), Quase fui atropelada por uma criança carregando um Hitler de pelúcia (meu novo sonho de consumo) e vi um homem com um pato embaixo do braço.
O mais incrível é que nenhuma dessas pessoas dá a mínima pra mim. Elas passam por mim como se eu fosse mais um poste, um poste onde ela podem colar cartazes, fazer propaganda, manchar, fazer arte...mas um poste ainda assim.

Claro, eu passo aqui todos os dias, vejo sempre os rostos preocupados, concentrados, estressados, coisas estranhas, programas freaks e nunca presto atenção. É difícil se ligar e muita coisa num lugar em que se consegue fazer uma refeição de duas mil e duzentas calorias por apenas R$ 3,00. (Com direito a suco e sobremesa).

E acho que isso prova por A+B, que eu não sou uma das pessoas que merecem um post inteiro.

7 comments:

Honey Don't. said...

Falta de assunto MASTER.

Mr. Gomes said...

O que eu faria se houvesse porque? Eu diria pro cara: 'meu amigo, se houvesse um porque eu não ia nem querer saber qual é. Já tá muito complicado sem porque, imagina com...
É o centro de qual cidade? Parece muito Sao Paulo mesmo...

Érica Bueno said...

hummmmmmmmm...

...

não posso comentar sobre isso, abstrato demais...

Vitor said...

Compreenda uma coisa... No centro da cidade todo mundo é só mais um, ali vc só faz diferença pro seu patrão e ainda assim só no tempo em q vc leva pra executar as tarefas q ele manda. Ali todo mundo é um grande nada, exceto pelo ccbb.

Vitor said...

E como o seu blog sabe o meu nome? O.o
Isso é do google?

Vitor said...

O Google me quer, querida.

http://post-mortem-post.blogspot.com/index.html

Vitor said...

Não.
Pra falar a verdade, eu já tinha um blog aqui, junto com a lua e a leila, mas acho q elas apagaram... pergunta pra lua depois. E já q o google me ofereceu e eu tb não posso postar aqui sem ter conta, eu fiz um.